Antiviróticos

Medicamento genérico Lei nº 9.787, de 1999. Registro  M.S.: 1.5423.0053.

Indicação: Tratamento de infecções cutâneas pelo vírus Herpes simplex, inclusive herpes genital e labial inicial e recorrente.

Apresentação:
Creme dermatológico 50mg/g bisnaga c/ 10g

Caixa de embarque: cx. padrão c/ 60 und.

Contraindicações: Hipersensibilidade conhecida ao aciclovir, ao valaciclovir, ao propilenoglicol ou a qualquer componente da fórmula. Cuidados e advertências: Não é uma preparação adequada para uso em mucosas, como intravaginal, intrabucal e nos olhos. Em pacientes seriamente imunocomprometidos, aciclovir oral deve ser administrado. A exposição sistêmica ao aciclovir através da aplicação tópica é muito baixa. Reações adversas e interações: Em alguns pacientes poderá ocorrer queimação ou ardência. Leve ressecamento e descamação da pele ocorreram em aproximadamente 5% dos pacientes. Eritema e prurido foram relatados em uma pequena proporção de pacientes. Dermatite de contato raramente reportada após a aplicação. Existem raros relatos de casos de reações de hipersensibilidade, incluindo angioedema com aplicação tópica de aciclovir. Posologia: Deve ser aplicado sobre as lesões existentes ou lesões emergentes tão logo quanto possível no início da infecção. O tratamento deve continuar por pelo menos quatro dias para herpes labial e por cinco dias para herpes genital. Lavar as mãos antes e depois da aplicação do creme e evitar uma fricção desnecessária da lesão ou toque com toalha, a fim de evitar o agravamento ou transferência da infecção.