Antilipêmico

Medicamento genérico Lei nº 9.787, de 1999. Registro M.S.: 1.5423.0231.

Indicação: como adjunto à dieta e outros tratamentos não farmacológicos nos casos de tratamento de hipertrigliceridemia severa isolada e hiperlipidemia mista quando a estatina ou outro tratamento efi caz são contraindicados ou não são tolerados.

Apresentação:
100mg – cx. c/ 30 cprs.

Caixa de embarque: cx. padrão c/ 60 und.

Contraindicações: em casos de insuficiência hepática severa, insuficiência renal severa, gravidez e lactação, associação com outros fibratos, hipersensibilidade ao ciprofibrato ou a qualquer componente do produto, devido à presença de lactose, esta medicação é contraindicada em pacientes com deficiência de lactase, galactosemia ou síndrome de má absorção de glicose e galactose. Cuidados e advertências: Em pacientes com esses sintomas, os níveis séricos de creatinofosfoquinase (CPK) devem ser imediatamente avaliados e o tratamento deve ser descontinuado caso seja diagnosticada miopatia ou se os níveis de CPK estiverem muito altos, pacientes com hipotireoidismo basal podem apresentar dislipidemia secundária. Caso as concentrações séricas dos lipídios não estejam satisfatoriamente controladas após vários meses de tratamento, medidas terapêuticas adicionais ou alternativas deverão ser consideradas. Reações adversas e interações: Este medicamento pode causar as seguintes reações adversas: rash, alopecia, mialgia, cefaleia, vertigem, tonturas e sonolência, náuseas, vômitos, diarreia, dispepsia, dor abdominal e fadiga. Deve evitar o uso concomitantes com outros fibratos, inibidores da HMG CoA redutase, anticoagulantes orais e hipoglicemiantes orais. Posologia: A dose recomendada é de 1 comprimido (100mg) ao dia. Esta dose não deve ser excedida.