Princípio ativo: valerato de betametasona + sulfato de gentamicina + tolnaftato + clioquinol

Registro M.S.: 1.5423.0257

Indicações: para o alívio das manifestações inflamatórias das dermatoses responsivas aos corticosteroides, quando complicadas por infecção secundária causada por micro-organismos sensíveis aos componentes de sua formulação ou quando há suspeita da possibilidade de tal infecção.

Apresentação:
Creme 0,5mg/g + 1,0mg/g + 10mg/g + 10mg/g – cx c/ bisnaga 20g

Caixa de embarque: cx. padrão c/ 60 und.

Contraindicações: pacientes com histórico de reações de hipersensibilidade a qualquer um de seus componentes, menores de 3 anos e por mulheres grávidas sem orientação médica ou do cirurgião-dentista. Reações adversas e interações: pode causar as seguintes reações: inflamação cutânea; prurido; irritação, telangectasias; piodermite; fragilidade cutânea; foliculite; equimoses; ardor; eritema, estrias; hipertricose; erupção acneiforme; úlcera cutânea; urticária; hipopigmentação; perda de pêlos; pele seca; erupções (rash); reação alérgica; dermatite perioral, dermatite de contato alérgica, maceração da pele, infecção secundária, atrofia da pele e miliária. Não foram relatadas interações medicamentosas clinicamente relevantes. A absorção sistêmica do clioquinol pode interferir nos testes de função tireoidiana. O teste de cloreto férrico para a fenilcetonúria poderá revelar resultado falsamente positivo se o clioquinol estiver presente na urina. Posologia: deverá ser aplicada de modo a cobrir toda a área afetada, 2 a 3 vezes por dia (de 12 em 12 horas ou de 8 em 8 horas). A frequência da aplicação deverá ser baseada na gravidade da afecção. A duração do tratamento será determinada pela resposta do paciente. Em casos de Tinea pedis, pode ser necessário um tratamento mais prolongado (2 a 4 semanas). Não ultrapassar a quantidade máxima diária de aplicação que é de 2 a 3 vezes por dia.