Anti-histamínico sistêmico

Medicamento genérico Lei nº 9.787, de 1999. Registro M.S.: 1.5423.0160.

Indicação: Indicado para o alívio da prurido causado por condições alérgicas da pele tais como: urticária, dermatite atópica e de contato e do prurido decorrente de outras doenças sistêmicas.

Apresentação:
Solução oral 2mg/mL frasco c/ 120mL + copo dosador

Caixa de embarque: cx. padrão c/ 24 und.

Contraindicações: Não deve ser utilizado durante a gravidez e a amamentação. Também está contraindicado em pacientes que tenham demonstrado prévia hipersensibilidade aos componentes da fórmula. Cuidados e advertências: Pode ocorrer sonolência durante o uso de hidroxizina, sendo assim deve-se ficar alerta quanto à condução de veículos, ao manuseio de máquinas perigosas e outros equipamentos que requeiram atenção. O médico deve avaliar o uso nas seguintes condições: Insuficência renal ou hepática, epilepsia, glaucoma, doença de Parkison e na utilização concomitante de outros medicamentos. Reações adversas e interações: Sedação, sonolência (pode desaparecer após vários dias de terapia). Raramente podem aparecer crises convulsivas, tremor ou agitação. A ação de hidroxizina pode ser potencializada quando administrada concomitantemente com agentes depressores do sistema nervoso central, tais como: Narcóticos, analgésicos não narcóticos e barbitúricos. A hidroxizina pode ter o seu efeito sedativo potencializado pelo álcool. Posologia: Adultos: 25mg, 3 a 4 vezes ao dia. Crianças 0,7mg/kg de peso, 3 vezes ao dia.