Antiasmático

Princípio Ativo: montelucaste de sódio

Registro M.S.: 1.5423.0223

Indicação: Profilaxia e tratamento crônico da asma, pode ser utilizado concomitantemente a corticosteroides inalatórios com efeitos aditivos no controle da asma ou para reduzir a dose do corticosteroide inalatório e manter a estabilidade clínica, alívio dos sintomas diurnos e noturnos da rinite alérgica.

Apresentações:
4mg – cx. c/ 30 cprs. mastigáveis
5mg – cx. c/ 30 cprs. mastigáveis
10mg – cx. c/ 30 cprs. rev.

Caixa de embarque:
cx. padrão c/ 60 und.

Contraindicações: Hipersensibilidade a qualquer um de seus componentes e por mulheres grávidas sem orientação médica ou do cirurgião-dentista. Cuidados e advertências: Não deve ser usado para o tratamento das crises agudas de asma e como monoterapia para o tratamento e controle da broncoconstrição induzida pelo exercício. Não deve substituir abruptamente os corticosteroides inalatórios ou orais. Reações adversas e interações: Comuns – dor abdominal, dor de cabeça, sede, diarreia, hiperatividade, asma, descamação, coceira, erupções da pele leves. Outras reações relatadas foram infecção nas vias aéreas superiores, aumento de tendência a sangramento, número baixo de plaquetas, reações alérgicas, alterações de comportamento e humor, tontura, sonolência, formigamento/dormência, palpitações, sangramento nasal; inflamação dos pulmões, dispepsia, náuseas, vômitos, hepatite, dor articular, dor muscular e cãibras musculares, incontinência urinária em crianças, fraqueza e cansaço, inchaço e febre. Posologia: Adultos e adolescentes a partir de 15 anos um comprimido de 10mg diariamente. Crianças com idade de 6 a 14 anos um comprimido mastigável de 5mg diariamente. Crianças com idade de 2 a 5 anos um comprimido mastigável de 4mg diariamente. Pacientes com asma devem tomar diariamente, ao anoitecer.